Fonte: Filme Up: Altas Aventuras, Pixar.

É incrível como uma animação pode expressar tantas coisas importantes e tocar profundamente em nossos sentimentos. Up: Altas Aventuras é um desses filmes que vem e jogam várias verdades na sua cara, te fazendo refletir sobre a importância que damos as coisas.

Para quem não conhece, Up é uma animação da Pixar que foi lançada em 2009, o filme conta a história de vida um senhorzinho (Carl Fredricksen) e a sua relação com a casa onde mora. Como protagonistas temos esse senhor de 78 anos, um guri escoteiro de 8 anos e a casa voadora, rumo a uma jornada em busca do paraíso das cachoeiras.

Suas discussões vão além do sonho de conhecer as cachoeiras na América do Sul ou de virar um grande explorador. Up nos mostra muitas coisas, mas sobretudo o valor do lar e das memórias afetivas das pessoas com o espaço.

A cidade em Up aparece apenas em parte da história, mas é possível ver como seus usos e espaços vão mudando ao longo dos anos, como isso se reflete na casa do senhor Fredricksen e na vida das pessoas.

Brincadeiras de rua outrora comuns, agora ficam restritas ao espaço interno de apartamentos, grandes incorporadoras convertendo espaços horizontais em verticais e todas as outras dinâmicas próprias dos grandes centros urbanos.

Podemos dizer ou quiçá especular que a mensagem mais importante do filme é a relação das pessoas com os espaços e das pessoas entre si, a memória afetiva é algo que recorrentemente é posto em evidencia ao longo do filme, seja na relação de Carl com a casa, ou do senhor com o guri.

É um ótimo filme para se ver com a família toda e para quem gosta de pensar a cidade tem muita brecha para boas discussões. Enfim, nada do que for escrito aqui pode fazer jus a maravilhosa história de Carl Fredricksen e sua casa. Essa honra a Pixar cumpriu magistralmente.

Fonte: Filme Up: Altas Aventuras, Pixar.

Ficha Técnica:

  • Título: Up: Altas Aventuras
  • Ano: 2009
  • Direção: Pete Docter, Bob Peterson
  • País de Origem: Estados Unidos
  • Duração: 96 minutos
Assine a Newsletter do Habitamos

No spam guarantee.

Deixe seu comentário e contribua com o crescimento do Habitamos