Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco

0
109
MAXXI Museu Nacional de Arte do Século XXI, Roma - Italia Fotografia Alessio Lin

Esse é o terceiro artigo de uma série chamada “Como escolher cores na Arquitetura”, para seguir com a leitura é interessante conhecer a primeira e a segunda parte. Mas não tem problema caso queira ler só essa.

Nos artigos anteriores nós explicamos como as cores influenciam nossas emoções e comportamento dentro dos ambientes. Nós também explicamos como o corpo humano percebe as cores de maneira única, ninguém vê o mesmo tom de cor que você. Por isso temos códigos para definir as cores e facilitar seu reconhecimento.

A série “Como escolher cores na Arquitetura” foi escrita com base no livro:

A Psicologia das cores: Como as cores afetam a emoção e a Razão da autora alemã Eva Heller.

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco

Preto

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Fotografia: Saketh Garuda

Você sabia que quando falamos de cores baseadas na luz o preto é considerado a ausência de todas as cores? Sendo assim conhecido como uma “não cor”.

Durante um período na história da arte muita gente tinha receio em usar o preto e a cor era associada apenas a coisas ruins, por conta disso, alguns artistas consideravam um tabu o uso da cor em seus trabalhos.

Claro que isso não impediu pessoas como Auguste Renoir, Van Gogh, Kandinsky e Berthe Marisot que usavam e abusavam da cor preta.

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Quadro Berthe Morisot com Bouquê de Violetas , 1872.

O Preto também é a cor preferida entre o público adolescente/jovem adulto (14 a 25 anos). Alem claro, de trazer consigo elegância, rebeldia/austeridade e charme.

É uma cor que independe da moda e do tempo, o “preto básico” que combina com tudo. Já ouviu essa?

Na arquitetura o preto tem funções especificas.

Ele é ótimo para criar contrastes ou valorizar detalhes. Ambientes totalmente pretos podem deixar o espaço carregado tornando-o desconfortável, mas se combinado com cores claras o resultado é bem satisfatório.

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Fotografia: Armin Djuhic

Outro ponto sobre o preto é que ele se destaca em ambientes claros, se você quer chamar atenção para alguma coisa basta utilizar um preto com alto brilho.

A cor também é ótima para esconder imperfeições. Sabe aquelas peças de metal cheias de riscados? Pinta elas de preto que a magia acontece.

O preto também serve para ampliar e reduzir espaços, dando a sensação de profundidade ou enquadramento. Quando você pinta a esquadria de uma janela de preto, é como se tivesse colocando várias fotografias lado a lado.

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Fotografia: R Mo

Se você tem um ambiente muito gelado o preto pode te ajudar, cores escuras absorvem mais raios luminosos e isso faz com que o ambiente fique mais aquecido.

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Fotografia: Nastuh Abootalebi

O Preto é recomendado para valorizar detalhes, ambientes de trabalho, banheiros, espaços de jantar, salas de estar, restaurantes, cafés e ambientes mais joviais.

Elementos em preto são ótimos para criar efeitos de composição gráfica no espaço, a cor se dá muito bem com metais, tons de madeira e cores claras no geral. Outras combinações funcionam, mas são situacionais.

Branco

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Fotografia: Joel Filipe

Paz, pureza, limpeza, luminosidade e simplicidade. Esses são os adjetivos mais associados a cor branca.

Se fossemos destrinchar essa cor na arquitetura só um artigo não seria o suficiente, para falar em antiguidade, modernismo e mais um monte de outras coisas (faremos isso no futuro). Então o foco vai ser na cor e sua contribuição na arquitetura de interiores.

O branco é sem dúvidas a cor mais utilizada em casas e escritório, isso acontece principalmente pela sua versatilidade. Ele transmite frescor, transparência, sensação de limpeza e até mesmo um tom de profissionalismo.

Você achou que os hospitais e consultórios médicos são dessa cor atoa? Achou errado, o branco é utilizado nesses espaços para evidenciar que o local está sempre limpo e organizado.

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Fotografia: Daniel Frank

Sim, o branco também aumenta a sensação de organização no espaço, isso se dá porque coisas desorganizadas em ambientes brancos ficam em evidencia então nosso subconsciente faz com que busquemos arrumar a bagunça.

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Fotografia: Jonny Caspari

Além de tudo isso essa cor consegue ampliar ambientes e trazer luminosidade para o espaço. Outro ponto importante é que ao contrário do preto, o branco reflete a luz, portanto, ele absorve menos energia luminosa e aquece menos a construção.

Já viu fotos de casas pintadas de branco na costa do mar? Então, o pessoal que faz isso está utilizando uma estratégia simples e eficiente para diminuir o calor na edificação.

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Fotografia: Margaret Barley

É bem comum em alguns lugares do mundo se pintar o telhado de branco, tem até um estudo de um pesquisador Akbari Hashem do Lawrence Berkley National Laboratory onde diz que pintar seu telhado de branco pode reduzir a temperatura dos ambientes em até 70%.

Essa cor pode ser usada em qualquer ambiente da casa, seja ele externo ou interno. Só não abuse muito, pois requer constante manutenção e como mencionamos antes, o branco reflete a luz, se o ambiente recebe muita insolação solar dependendo do tom de branco isso pode acabar machucando sua vista.

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Fotografia: Jarek Ceborski

Branco como cor principal funciona bem em áreas de serviço, cozinha, lavanderia, escritórios e salas de estar, mas seu potencial é melhor aproveitado se combinado com outras cores e materiais (vegetação, metais e madeira conversam muito bem)

Como escolher cores na Arquitetura: Preto e Branco
Fotografia: Hutomo Abrianto

Esse artigo faz parte de uma série sobre cores no design de interiores e vai contar com 6 textos. Vocês acabaram de ler a terceira publicação, ainda veremos as cores Laranja, Violeta, Rosa, Ouro, Prata Marrom e Cinza.

O material foi dividido para que a leitura fosse fácil e dinâmica de modo a não tomar muito do seu tempo e ser de fácil consulta.

O Habitamos agradece sua visita e nos acompanhe para saber mais sobre cores na arquitetura.

Caso queira saber mais sobre design de interiores clique aqui.

Assine a Newsletter do Habitamos

No spam guarantee.

Deixe seu comentário e contribua com o crescimento do Habitamos