Fotografia: Jon Tyson

Esse é o sétimo artigo da série chamada “Como escolher cores na Arquitetura”, dessa vez falaremos um pouco sobre a cor Marrom na arquitetura. Para seguir com a leitura é interessante conhecer os outros textos. Se você não quiser fazer isso agora, não tem problema.

Introdução

Nos artigos anteriores nós explicamos como as cores influenciam nossas emoções e comportamento dentro dos ambientes.

Nós também explicamos como o corpo humano percebe as cores de maneira única, ninguém vê o mesmo tom de cor que você. Esse é o motivo de termos códigos para definir as cores e facilitar seu reconhecimento.

A série “Como escolher cores na Arquitetura” foi escrita com base no livro:

A Psicologia das cores: Como as cores afetam a emoção e a Razão da autora alemã Eva Heller.

Capa do livro A Psicologia das cores, Eva Heller

Marrom

brown wooden dining table near white and brown mini bar
Caffeine Tampa, Tampa, United States. Fotografia: Drew Coffman

Madeira, areia, terra, barro, couro, tecidos, folhas e café. Misture verde e vermelho que o marrom aparece, essa cor remete a natureza, ao antigo, ao rústico e ao outono.

Na arquitetura essa cor e seus tons estão presentes nas construções mais vernaculares, podemos encontrá-la nas cabanas de madeira, nas casas de taipa, nos blocos de adobe e até mesmo em pedras e tijolos.

Antigamente, a terra e a pedra eram os principais insumos nas edificações, se voltarmos para civilizações antigas como o Antigo Egito, Mesopotâmia, Vikings e alguns Povos Indígenas, podemos ver como o marrom e as cores pastéis estão presentes em sua arquitetura.

brown concrete building under blue sky during daytime
Aït Ben Haddou, Morocco Fotografia: Elektra Klimi.

Mesmo hoje é possível encontrar construções que ainda são realizadas com esses materiais, sobretudo em áreas mais interioranas. Já dizia Hassan Fathy quando pensou em Nova Gourna “Devemos valorizar os materiais locais e saberes locais na construção da arquitetura”

Aqui no Brasil encontramos os materiais representantes dessa cor nas palafitas, nas casas do sertão, na campina do sertanejo, nas ocas dos índios e na autoconstrução nas periferias das grandes metrópoles.

brown and white concrete building under blue sky during daytime
São Paulo Região do Grajaú, SP, Brasil. Fotografia: Danilo Alvesd

Em interiores

No que diz respeito ao design de interiores o marrom nos trás possibilidades interessantes, pois ao contrário do preto que tende a combinar com tudo, a função do marrom é “neutralizar e potencializar” as outras cores.

Se perto de tons avermelhados ele vai remeter a uma sensação de aquecimento, junto ao azul ou branco vai “esfriar” o espaço, próximo a uma cor escura ele deixa o ambiente mais carregado e se está junto ao branco dá uma impressão de serenidade e seriedade.

brown sofa near white coffee table
Buenos Aires, Argentina. Fotografia: Ryan Ancill.

O marrom em interiores pode remeter tanto ao rústico quanto ao refinado, tudo vai depender de como os acabamentos são empregados e quais cores vão ser suas complementares.

Cozinhas, salas e espaços de descanso geralmente são os ambientes mais indicados para o uso do marrom, a presença forte das texturas encontradas nos materiais que levam essa cor podem e devem ser consideradas na hora do projeto. Há quem diga que alguns tons mais neutros do marrom nunca saem de moda.

black and white pendant lamp
Fotografia: Kam Idris

Esse artigo faz parte de uma série sobre cores no design de interiores que originalmente foi pensada para ser 6 textos, mas para evitar conteúdos muito extensos optamos por separar algumas cores que seriam apresentadas juntas como foi o caso do Ouro, Prata, Marrom e Cinza.

Vocês acabaram de ler a sétima publicação, no próximo artigo encerraremos a série com o Cinza. O material foi dividido para que a leitura fosse fácil e dinâmica de modo a não tomar muito do seu tempo e ser de fácil consulta. O Habitamos agradece sua visita e nos acompanhe para saber mais sobre cores na arquitetura.

Caso queira saber mais sobre design de interiores clique aqui.

Se precisar citar esse artigo em algum trabalho de acadêmico utilize:

LOBO, Diego Augusto. Como escolher cores na Arquitetura: Marrom. Habitamos, 2020. Disponível em: <http://www.habitamos.com.br/como-escolher-cores-na-arquitetura-marrom/>. Acesso em: “colocar data aqui”.

Assine a Newsletter do Habitamos

No spam guarantee.

Deixe seu comentário e contribua com o crescimento do Habitamos