Captação de água da chuva: Sistemas baseados em telhado

Seguindo o texto Os rios também fazem parte da cidade, hoje vamos tratar de um assunto que é importante na prevenção de enchentes e sobrecarga do sistema público de drenagem urbana, e ao mesmo tempo pode trazer economia e sustentabilidade às residências: a coleta de água de chuva. Neste texto, abordaremos os sistemas baseados em telhados.

A captação de água de chuva baseada em telhados é feita, em geral, com ouso de telhado, calha e reservatórios, podendo contar com elementos de tratamento da água, dependendo da qualidade de água que a gente espera obter e de como queremos usá-la. Aqui a gente vai ver três sistemas que podem ser construídos em casas que já existem.

O primeiro é o mais simples e muita gente aqui no Brasil já conhece e usa em suas casas, basta dar uma pesquisada rápida na internet que a gente encontra várias experiências de quem já construiu. Você só vai precisar de um reservatório grande com tampa, que pode ser um tonel de lixo ou uma caixa d’água, o tamanho vai depender do volume de água que você vai querer guardar.

telhado3 - Captação de água da chuva: Sistemas baseados em telhado

Ele funciona apenas direcionando o cano de descida da água que vem da calha para dentro do reservatório e, quando chover, a água que escorrer pelo telhado vai para o reservatório. Neste momento, você deve estar me perguntando várias coisas, e eu vou tentar adivinhar daqui para te responder:

1. Telhado é sujo, como eu faço pra água não cair cheia de folha, inseto, alinígenas, essas coisas?

De fato, o telhado é talvez a parte da casa que está mais sujeita à sujeira e a gente não pode estar limpando todo dia, mas existem algumas precauções que a gente pode usar para melhorar a qualidade da água que, de fato, vamos usar.

  • Primeiro, para manter as calhas livres de elementos grandes, elas podem ser cobertas com tela, ou construídas de formas alternativas, como demonstrado na figura abaixo, do livro Permaculture: A Designer’s Manual, de Bill Mollison;
  • Para uma filtragem de elementos ainda menores, pode ser usado um tecido esticado sobre o reservatório, no lugar da tampa. O tecido poderá ser removido e lavado com facilidade.
  • Para se livrar da poeira ainda mais fina, é necessário instalar uma torneira alguns centímetros acima do fundo do reservatório, de modo que a água do fundo, onde a poeira fina se assenta, possa ser descartada sem sair pela torneira.
telhados protecao - Captação de água da chuva: Sistemas baseados em telhado
Formas de proteger a calha
Permeculture: a designer’s manual, Bill Mollison

2. Mesmo depois de tudo isso, essa água não dá pra beber, eu vou usar pra quê?

De forma mais simples, basta encher um baldinho e ela poderá ser usada para regar plantas, fazer faxina ou lavar a calçada; com um trabalho de encanamento, ela poderá ser ligada diretamente às caixas de descarga da casa, com o cuidado de não cortar o fornecimento de água já existente, apenas instalar nele um registro, então em épocas mais secas, quando o reservatório de água da chuva estiver vazio, é só abrir o registro e as descargas voltarão a ser abastecidas pelo fornecimento comum.

A gente fez um desenho para explicar melhor como funciona:

COLETA AGUA CHUVA simples - Captação de água da chuva: Sistemas baseados em telhado

O segundo sistema foi tirado do livro Permaculture: a Designer’s Manual, que já foi citado aqui. Ele é um pouco mais elaborado nas formas de descartar a primeira água, que vem com impurezas, e traz uma possibilidade simples de tratamento da água para que possa ser usada para fins potáveis, segundo o autor.

Nele, a captação da água da calha é feita por um balde, que despeja a primeira água, que lava o telhado, em um reservatório para ser utilizada para fins não-potáveis e, através da associação entre um contrapeso e roldanas ou dobradiças, automaticamente troca o despejo da água limpa para o tanque, onde a água pode ser armazenada e tratada. Dá uma olhada no esqueminha aqui embaixo pra entender melhor.

COLETA AGUA CHUVA vertical - Captação de água da chuva: Sistemas baseados em telhado
Fonte do croqui: livro Permeculture: a designer’s manual, Bill Mollison

O último sistema é bem mais complexo e deve ser integrado ao encanamento da casa para a correta distribuição dos tipos de água de acordo com o tratamento que ela recebe. Ele se chama PLUVALOR, foi criado pelo pesquisador húngaro Joseph Országh e é capaz de atender a todas as necessidades de água de uma casa durante o período de chuvas.

Na imagem abaixo a gente pode ver como ele funciona.

COLETA AGUA CHUVA pluvalor - Captação de água da chuva: Sistemas baseados em telhado
Fonte da ilustração: EAUtarcie PLUVALOR

Todos os sistemas apresentados podem ser dimensionados multiplicando a área do telhado pela média de chuva para o local onde a casa estiver, depois convertendo tudo para litros.

Estes são apenas três exemplos de sistemas de captação de água de chuva dentre muitos outros que podem ser encontrados no mercado e na literatura. Eles foram escolhidos de modo a mostrar soluções mais simples e outras com maior número de componentes, para que vocês possam escolher o melhor tipo de sistema para suas casas ou mesmo se é melhor pegar um elemento de cada um e construir de um jeito diferente que atenda melhor às suas necessidades.

Agradecemos a sua visita e aceitamos recomendações de conteúdo e sugestões sobre o site.

Neste artigo, utilizamos como referência:

MOLLISON, Bill. Permaculture: a designer’s manual. A designer’s manual. 2. ed. Sisters Creek, Tasmania, Aus: Tagari, 2002. 565 p.

RAINWATER Harvesting for Whole-House Reuse. Disponível em: https://www.eautarcie.org/en/03a.html. Acesso em: 24 mar. 2020.

Caso precise citar esse artigo em algum trabalho acadêmico utilize:

ANDRADE, Suzana. Coleta de água da chuva: Sistemas baseados em telhados. Habitamos, 2020. Disponível em: <http://www.habitamos.com.br/coleta-de-agua-da-chuva:-sistemasbaseados-em-telhado/ >. Acesso em: “colocar data aqui”.

Assine a Newsletter do Habitamos

No spam guarantee.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário e contribua com o crescimento do Habitamos