Lumumba e Francine Moura, artista e arquiteta, criadores da escultura. Fonte: revistacasaejardim.globo.com

O arquiteto brasileiro Joaquim Pinto de Oliveira, nascido em 1721, construiu o primeiro chafariz público da cidade de São Paulo. Também são de sua autoria várias obras religiosas de grande importância na capital paulista. Mas você já oviu esse nome antes? Ou talvez o apelido “Tebas”, como o arquiteto ficou conhecido em sua época? Não existem na capital paulista ruas, avenidas, praças ou monumentos institucionais com seu nome. A provável razão para essa falta de referências é a origem do personagem histórico: Tebas foi um escravo que ganhou sua alforria através da arquitetura.

Nos últimos anos, a memória de Tebas tem sido reavivada na arquitetura e nas artes. Em 2018, ele foi reconhecido como arquiteto pelo Sindicato dos Arquitetos no Estado de São Paulo (SASP) e sua biografia foi lançada pelo escritor Abilio Ferreira. Em 2019, o Grupo OPNI criou em sua homenagem o mural “Tebas o negro arquiteto”, com mais de 30 metros de altura.

Mural “Tebas o negro arquiteto”, localizado na R. Maj. Sertório, 251 – Vila Buarque, São Paulo – SP Fonte: arteforadomuseu.com.br/tebas-o-negro-arquiteto/

Em 2020, será lançada a escultura “Joaquim Pinto de Oliveira” em homenagem ao arquiteto. O monumento, criado pelo artista plástico Lumumba Afroindígena e pela arquiteta Francine Moura, terá 3,60 metros de altura e será inaugurado em 05 de dezembro de 2020.

Tebas foi responsável, entre outras obras, pela fachada da Igreja do Carmo e pela torre da segunda versão da Catedral da Sé, obra que lhe concedeu a carta de alforria. Essa versão foi concluída na metade do século XVIII, e demolida em 1911 para dar lugar à catedral que existe hoje. Por isso, o lugar escolhido para a escultura foi a praça Clóvis Beviláqua, que fica entre a Igreja e a Catedral, no bairro da Sé.

Informações

Inauguração da escultura “Joaquim Pinto de Oliveira”

Local: Praça Clóvis Beviláqua, Sé, São Paulo-SP

Data: 05/12/2020

Para mais conteúdo como este, visite nossa seção de notícias. O Habitamos agradece sua visita!

Assine a Newsletter do Habitamos

No spam guarantee.

Deixe seu comentário e contribua com o crescimento do Habitamos